Por que os bancos lucram tanto?

Notas Real Dinheiro

Dentre as diversas críticas que as instituições financeiras recebem está o alto lucro, batendo recordes todos os anos. Os bancos, de fato, são muito lucrativos. Isso se deve ao fato de que seu negócio é o próprio dinheiro. Eles são especialistas em lidar com o dinheiro e, portanto, sabem muito bem como ganhar dinheiro.

Todo banco, público ou privado, é lucrativo. Como eles conseguem, mesmo quando a economia não vai muito bem, como agora?

Como os bancos lucram?

1803248147 319fb3b772 z Por que os bancos lucram tanto?

O principal negócio dos bancos é emprestar dinheiro a quem precisa. Para isso, os bancos captam recursos de pessoas que guardam ou investem dinheiro na instituição, recebendo em troca uma quantia em juros.

O spread bancário é a diferença entre o juro pago pelo banco para tomar dinheiro emprestado do cliente e o juro cobrado pelo dinheiro que ele empresta. Por exemplo, a poupança paga 0,5% ao mês e o banco empresta esse recurso, no financiamento imobiliário, cobrando 1% a.m. Portanto são 0,5p.p. de spread.

Vale lembrar que o poupador recebe o juro de forma passiva, ou seja, sem precisar fazer nada e correndo baixo risco. No Brasil, o spread bancário é alto em relação a outros países devido a vários fatores.

Os serviços, apesar de serem a parte mais visível ao público dos bancos, não são a fonte da maior parte do faturamento bancário.

Para onde vai o lucro?

Além de bônus aos executivos e investimentos, o lucro dos bancos tem dois destinos principais: seus donos e o reinvestimento.

Aos acionistas

Os bancos, e quaisquer empresas, com ações negociadas em bolsa devem, por lei, distribuir pelo menos 25% do lucro. No Brasil, os grandes bancos costumam distribuir cerca de 30% a 40% do lucro para os detentores de suas ações.

4145935832 a8220ab62a z Por que os bancos lucram tanto?

Aumento da oferta de crédito

O empréstimo de dinheiro é a principal fonte de lucro de muitos bancos, por isso quanto mais crédito mais potencial de lucro o banco terá. Com o governo incentivando o consumo da população por meio da oferta de crédito não é surpresa que os bancos apareçam figurando no topo da lista das empresas mais lucrativas.

Expansões

O restante do lucro é direcionado à expansão da empresa, seja através de aquisições de outras empresas ou o aumento do número de agências.

Referência: ISTOÉ Dinheiro

Interesses do Governo

Os governos e os bancos são parceiros de longa data. Desde a criação dos Bancos Centrais e da monopolização da emissão de moeda, governos e bancos dependem um do outro.

O governo tem interesse em aquecer a economia com a oferta de crédito. E, quanto mais os bancos lucram, mais crédito eles podem oferecer. Além disso há o financiamento do próprio governo através da emissão de títulos públicos, que são comprados principalmente por investidores institucionais: fundos de pensão e fundos de investimentos e os bancos.

Os juros altos são, em parte, consequência da política do governo. A taxa Selic e os impostos são alguns dos fatores controlados pelo governo que influenciam o custo do empréstimo.

Falta de concorrência forte

Um dos motivos de o setor bancário lucrar tanto é, também, a letargia da população quanto à comparação das taxas bancárias dos diferentes bancos. A escolha do banco deve ser, antes de tudo, pensada no que realmente necessitamos.

Vale lembrar, também, que o consumismo exagerado e a falta de educação financeira no país agravam ainda mais a situação. Tem muita gente pagando taxas e juros altos por causa da própria desinformação.

Se você está aqui, lendo este texto, é porque se preocupa com seu dinheiro. Para aumentar seu conhecimento e se tornar independente financeiramente, que tal comprar o ebook “As 5 etapas do planejamento financeiro“? icon wink Por que os bancos lucram tanto?